facebook_cover_out22.JPG
abelhas.jpg
abobora.jpg
cabras.jpg
figoindia.jpg
pinheiro.png
porco.jpg
mirtilo.jpg
serpentinas.jpg
montado.jpg
previous arrow
next arrow

emRede - folha informativa

 

alimente imagemsite


SAAF.png

 

sir logo4

 

Parceria Portuguesa para o Solo

BolsaNacionalTerras

 

produtos tradicionais 

 

Pordata

 

 

 Em destaque

Comissão Europeia propõe revisão da Política Agrícola Comum para apoiar agricultores da UE - inquérito de 7 de março a 8 de abril

18-03-2024

A Comissão Europeia propôs uma revisão de certas disposições da Política Agrícola Comum (PAC), com o objetivo de simplificar e manter uma política forte, sustentável e competitiva para a agricultura e alimentação da UE. As propostas, relacionadas com a condicionalidade e os Planos Estratégicos da PAC, visam reduzir o fardo relacionado com os controlos para os agricultores da UE, proporcionando-lhes maior flexibilidade para cumprir certas condicionalidades ambientais. As administrações nacionais também beneficiarão de maior flexibilidade para aplicar certos padrões.

Ler mais

Publicada Portaria que define estrutura e funcionamento da Rede Nacional PAC

15-03-2024

A Portaria n.º 108/2024/1, que define a estrutura de governação e funcionamento da Rede Nacional da Política Agrícola Comum (RNPAC) no âmbito do Plano Estratégico da PAC (PEPAC), foi publicada hoje, 15 de março, em Diário da República. A Rede Nacional PAC vem dar seguimento ao trabalho da Rede Rural Nacional na partilha de informação, de experiência e de conhecimento no setor agrícola. A RN PAC tem coordenação técnica da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), atua em todo o território nacional e integra os intervenientes no Sistema de Conhecimento e Inovação da Agricultura (AKIS).

Ler mais

Seis Grupos Operacionais portugueses nomeados para os Prémios de Inovação da PEI-AGRI

13-03-2024

Há seis projetos portugueses entre os 30 nomeados para os Prémios de Inovação da PEI-AGRI, cuja entrega está prevista para o dia 7 de maio, no Centro de Congressos do Estoril. O principal objetivo desta distinção é reconhecer e premiar os Grupos Operacionais da PEI-AGRI que desenvolveram práticas, soluções, produtos e processos inovadores.

Ler mais

Aprovada medida excecional de compensação pelo acréscimo de custos de produção da atividade agrícola e pecuária

28-02-2024

A portaria n.º 72/2024, de 28 de fevereiro, foi publicada hoje em Diário da República. O diploma estabelece as regras gerais de uma medida excecional e temporária de compensação, pelo acréscimo de custos de produção da atividade agrícola e pecuária, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 28-A/2023, de 3 de maio, e dos artigos 34.º e 35.º do Regulamento (UE) 2022/2472, da Comissão, que declara certas categorias de auxílios no setor agrícola e florestal e nas zonas rurais compatíveis com o mercado interno.

Ler mais

Publicados apoios para atenuar efeitos da seca e da inflação no setor agrícola

23-02-2024

Foi publicada hoje, em Diário da República, a Resolução do Conselho de Ministros n.º 28/2024, que institui apoios para atenuar os efeitos da seca e da inflação sobre o setor agrícola. O diploma aprova “a criação de instrumentos de caráter excecional que assegurem a compensação da perda de rendimentos dos agricultores decorrente da situação de seca no País” e também “cobertura por fundos nacionais de quebras de rendimento não cobertas por fundos europeus”.

Ler mais

Portugal acolhe a conferência europeia “Grupos Operacionais PEI-AGRI: Inovação na prática” em maio

03-01-2024

A conferência “Grupos Operacionais PEI-AGRI: Inovação na prática” realiza-se em Portugal de 6 a 8 de maio de 2024, no Centro de Congressos do Estoril. A Rede Nacional PAC, suportada pela Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, é parceira na organização deste evento de responsabilidade da EU CAP Network (Rede PAC da União Europeia).

Ler mais

Aprovados estatutos das CCDR, I. P. com transferência de atribuições e competências nas áreas da agricultura e pescas

05-12-2023

O Decreto-Lei n.º 36/2023, de 26 de maio, procedeu à reestruturação das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR), convertendo-as em institutos públicos de regime especial integrados na administração indireta do Estado, passando a designar-se por Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional, I. P. (CCDR, I. P.). Através deste processo, as CCDR, I. P., passaram a assumir um conjunto de novas atribuições e competências e a constituírem-se como os serviços que coordenam as respostas de âmbito regional do Estado, incluindo as competências nas áreas da agricultura e pescas.

Ler mais

Lançamento da Rede Nacional PAC

30-11-2023

A Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR) lançou oficialmente a nova imagem da Rede Rural Nacional, agora denominada Rede Nacional PAC, durante o evento "Trabalho em Rede - Parcerias, Inovação e Sustentabilidade". O lançamento ocorreu na Torre do Tombo, em Lisboa, no dia 28 de novembro. Veja o video a seguir

Ler mais

Três projetos portugueses entre os finalistas nos Prémios ARIA 2023. Vote já! 

07-11-2023

A EU CAP Network anunciou os finalistas da quinta edição dos Prémios ARIA - Agricultural and Rural Inspiration Awards 2023 (antigos Prémios RIA - Prémios de Inspiração Rural) e o período da “votação popular”, aberto a todos os cidadãos, já está a decorrer. Entre os 24 projetos nomeados, encontram-se três iniciativas nacionais: o i9Kiwi, The Landscape Farm, e Pepe Aromas.

Ler mais

C05-Agricultura | Revisão na metodologia de pagamento visa mitigar impactos económicos

14-09-2023

Numa resposta proativa às dificuldades financeiras enfrentadas pelos beneficiários finais de projetos importantes, a Metodologia de pagamento do apoio financeiro do Beneficiário Intermediário ao Beneficiário Final passou por uma revisão significativa.

Ler mais

Empresa algarvia é distribuidora oficial do biofertilizante que promete revolucionar a agricultura mundial

tratorA empresa Hubel Verde, com sede em Olhão, é a representante e distribuidora oficial deste produto em Portugal. É de fácil utilização, sendo necessária apenas uma aplicação no início do desenvolvimento das plantas.

O produto foi apresentado ao mercado português e espanhol, no passado dia 28 de fevereiro, na FIMA – Feira Internacional da Maquinaria Agrícola, em Saragoça e a empresa Hubel Verde, com sede em Olhão, no Algarve, é a representante e distribuidora oficial deste produto em Portugal.

A empresa espanhola Symborg criou o BlueN, o primeiro biofertilizante natural de azoto, que permite substituir adubos e fertilizantes químicos azotados, que além de dispendiosos não são nada amigos do ambiente. Com apenas uma aplicação deste novo produto, as plantas podem obter 60% do azoto que precisam, diretamente do ar.

Azoto é fundamental para manter os níveis produtivos das plantas

O azoto é um macronutriente essencial para as plantas, sendo fundamental para manter os níveis produtivos. Ainda assim, apesar da sua importância e de abundar na atmosfera (72% do ar que respiramos é Azoto), as plantas não conseguem absorvê-lo diretamente. A sua presença no ar, de forma inerte e não reativa, necessita de reagir quimicamente com outras substâncias para que o uso seja eficiente nas culturas agrícolas.

Este é o motivo pelo qual, até ao momento, se têm utilizado na agricultura fertilizantes químicos baseados em Ureia, Amónios e Nitratos, que se aplicam ao solo, para que as plantas incorporem o azoto através das suas raízes.

BlueN permite que os cultivos absorvam 60% do azoto do ar

Esta é uma situação que muda com BlueN, o primeiro biofertilizante natural, fixador de azoto, e que permite que as culturas absorvam do ar 60% do azoto que precisam.

“A ideia surgiu pela necessidade de azoto a nível global. Queríamos encontrar fontes de azoto orgânico para ser usado na agricultura biológica e que possam ter um grande uso, contribuindo, assim, para a redução do azoto químico”, afirmou Jesús Juárez, CEO da Symborg, empresa especializada em I+D de biotecnologia agrícola, ao ElEconomista.es.

Solução é 100% biológica

Esta solução, 100% biológica, pode aplicar-se a grandes culturas de cereais, milho, soja, trigo, cevada e arroz e também noutras culturas mais intensivas e em fruteiras.

É de fácil utilização, sendo necessária apenas uma aplicação no início do desenvolvimento das plantas. Depois, a bactéria simbiótica vai colonizando a planta para que possa viver de forma prolongada.

Esta bactéria converte o azoto do ar em amónio que é metabolizado diretamente em aminoácidos (constituintes das proteínas) pela planta, uma reação que se produz de forma constante durante todo o ciclo da planta.

“A bactéria vai acompanhando a planta”. É muito fácil de utilizar e pode misturar-se com a maioria dos outros consumíveis agrícolas atualmente usados. Isto simplifica o seu uso e também reduz os custos na hora de contabilizar os trabalhos a realizar durante o ciclo das culturas. É uma vantagem competitiva e económica para o agricultor, com reduções de custos totais de produção na ordem dos 30% relativamente ao estimado pelos agricultores como gasto imprescindível para conseguirem produções rentáveis.

BlueN apresenta uma panóplia de vantagens para o meio ambiente

Este produto apresenta uma série de vantagens para o meio ambiente, já que não contamina os aquíferos, o que pode contribuir para a degradação dos solos e provocar eutrofização de lagos. Além disso, pode utilizar-se em áreas em que está restrita a aplicação de azoto (zonas protegidas e zonas vulneráveis), assim como na agricultura biológica.

O artigo foi originalmente publicado semanário regional Postal do Algarve.

PEPAC nacional peq

 

logotipo akis pequeno

Plataforma
AKIS Portugal

 

Website

Inovação na Agricultura

 

emRede newsletter icon

Newsletters

 

  Plano Nacional da Alimentação Equilibrada e Sustentável

 Projeto 

AproximaR - Produzir
e Consumir Localmente

aproximar site icone

 

 

Bolsa de Iniciativas PRR

Bolsa de Iniciativas PRR

  

Agenda de eventos

 

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
3
4
6
8
12
13
14
15
16
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

 

 

Redes Rurais EU   
   
Comissão Europeia

 

 

 
 
Portugal 2020
PDR 2020
Prorural
Proderam2020
Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP)
Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas,I.P - IFAP