facebook_cover_out22.JPG
abelhas.jpg
abobora.jpg
cabras.jpg
figoindia.jpg
pinheiro.png
porco.jpg
mirtilo.jpg
serpentinas.jpg
montado.jpg
previous arrow
next arrow

emRede - folha informativa

 

alimente imagemsite


SAAF.png

 

sir logo4

 

Parceria Portuguesa para o Solo

BolsaNacionalTerras

 

produtos tradicionais 

 

Pordata

 

 

 Em destaque

Publicação do Despacho n.º 7821/2024 - Grupo de trabalho para elaborar uma nova estratégia nacional para a gestão da água designada «Água que Une»

16-07-2024

O Governo português anunciou a criação do Grupo de Trabalho “Água que Une”, com o objetivo de desenvolver uma estratégia de planeamento da água que promova a sustentabilidade dos recursos hídricos, garantindo o abastecimento de água e a viabilidade dos setores económicos.

Ler mais

Publicação do Despacho n.º 6739/2024 - Delegação de competências do Ministro da Agricultura e Pescas

25-06-2024

O Ministro da Agricultura e Pescas, José Manuel Ferreira Fernandes, através do Despacho n.º 6739/2024, delegou competências no Secretário de Estado da Agricultura, na Secretária de Estado das Pescas e no Secretário de Estado das Florestas.

Ler mais

2023 destaca-se como o melhor ano para a participação portuguesa no Cluster 6 do Horizonte Europa

04-06-2024

O ano de 2023 destaca-se como o melhor ano para a participação portuguesa no Cluster 6 do Horizonte Europa, alcançando o maior número de projetos aprovados (80) e, sobretudo, o maior número de coordenações (9) e o maior montante de financiamento captado (51 milhões de euros), refletindo uma taxa de retorno financeiro superior a 3,5%.

Ler mais

Conselho Europeu dá luz verde a uma revisão específica da PAC

13-05-2024

O Conselho adotou hoje formalmente uma revisão específica de determinados atos de base da política agrícola comum (PAC). A revisão incide sobre determinados elementos do regulamento relativo aos planos estratégicos da PAC e do regulamento relativo ao financiamento, à gestão e ao acompanhamento da política agrícola comum (o "Regulamento Horizontal") e surge em resposta aos problemas encontrados durante o primeiro ano de aplicação da nova PAC. As regras atualizadas traduzem-se numa simplificação, na redução dos encargos administrativos e numa maior flexibilidade no cumprimento de determinadas ecocondicionalidades, assegurando simultaneamente um quadro previsível para os agricultores.Os agricultores poderão aplicar retroativamente algumas das novas regras ...

Ler mais

Prémios de Inovação EIP-AGRI 2024 para Grupos Operacionais: sete vencedores dos Países Baixos, Alemanha, Itália, Irlanda e Espanha

10-05-2024

No dia 7 de maio de 2024, realizou-se uma cerimónia de entrega de prémios no Estoril, Portugal, para anunciar os vencedores dos Prémios de Inovação EIP-AGRI 2024 para Grupos Operacionais. A cerimónia teve lugar durante a conferência da EU CAP Network “EIP-AGRI Grupos Operacionais: Inovação na prática”.

Ler mais

Comissão Europeia propõe revisão da Política Agrícola Comum para apoiar agricultores da UE - inquérito de 7 de março a 8 de abril

18-03-2024

A Comissão Europeia propôs uma revisão de certas disposições da Política Agrícola Comum (PAC), com o objetivo de simplificar e manter uma política forte, sustentável e competitiva para a agricultura e alimentação da UE. As propostas, relacionadas com a condicionalidade e os Planos Estratégicos da PAC, visam reduzir o fardo relacionado com os controlos para os agricultores da UE, proporcionando-lhes maior flexibilidade para cumprir certas condicionalidades ambientais. As administrações nacionais também beneficiarão de maior flexibilidade para aplicar certos padrões.

Ler mais

Publicada Portaria que define estrutura e funcionamento da Rede Nacional PAC

15-03-2024

A Portaria n.º 108/2024/1, que define a estrutura de governação e funcionamento da Rede Nacional da Política Agrícola Comum (RNPAC) no âmbito do Plano Estratégico da PAC (PEPAC), foi publicada hoje, 15 de março, em Diário da República. A Rede Nacional PAC vem dar seguimento ao trabalho da Rede Rural Nacional na partilha de informação, de experiência e de conhecimento no setor agrícola. A RN PAC tem coordenação técnica da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), atua em todo o território nacional e integra os intervenientes no Sistema de Conhecimento e Inovação da Agricultura (AKIS).

Ler mais

Seis Grupos Operacionais portugueses nomeados para os Prémios de Inovação da PEI-AGRI

13-03-2024

Há seis projetos portugueses entre os 30 nomeados para os Prémios de Inovação da PEI-AGRI, cuja entrega está prevista para o dia 7 de maio, no Centro de Congressos do Estoril. O principal objetivo desta distinção é reconhecer e premiar os Grupos Operacionais da PEI-AGRI que desenvolveram práticas, soluções, produtos e processos inovadores.

Ler mais

Aprovada medida excecional de compensação pelo acréscimo de custos de produção da atividade agrícola e pecuária

28-02-2024

A portaria n.º 72/2024, de 28 de fevereiro, foi publicada hoje em Diário da República. O diploma estabelece as regras gerais de uma medida excecional e temporária de compensação, pelo acréscimo de custos de produção da atividade agrícola e pecuária, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 28-A/2023, de 3 de maio, e dos artigos 34.º e 35.º do Regulamento (UE) 2022/2472, da Comissão, que declara certas categorias de auxílios no setor agrícola e florestal e nas zonas rurais compatíveis com o mercado interno.

Ler mais

Publicados apoios para atenuar efeitos da seca e da inflação no setor agrícola

23-02-2024

Foi publicada hoje, em Diário da República, a Resolução do Conselho de Ministros n.º 28/2024, que institui apoios para atenuar os efeitos da seca e da inflação sobre o setor agrícola. O diploma aprova “a criação de instrumentos de caráter excecional que assegurem a compensação da perda de rendimentos dos agricultores decorrente da situação de seca no País” e também “cobertura por fundos nacionais de quebras de rendimento não cobertas por fundos europeus”.

Ler mais

Conferências Vida Rural estão de volta com o tema "Verdes" Anos

conf VR verdes anosA sustentabilidade está na ordem do dia e o setor vitivinícola tem assumido um pioneirismo notável na implementação de práticas mais ecológicas na sua atividade. Nos últimos anos multiplicam-se os bons exemplos, de norte a sul do país, de vinhas e adegas que transformaram os seus modos de produção e apostaram numa vitivinicultura mais ‘verde’.

Vamos saber o que está a ser feito e o que se prevê fazer a curto prazo para melhorar a eficiência e a rentabilidade, com a sustentabilidade na mira, sem comprometer a produção e qualidade. Mas também como comunicar tudo isto ao mercado nestes novos ‘verdes anos’.

Temas em destaque:

  • GESTÃO DA BIODIVERSIDADE E CONSERVAÇÃO DO SOLO
  • ÁGUA: GERIR A ESCASSEZ E O EXCESSO
  • VITICULTURA TECNOLÓGICA
  • MAKERS: DA TEORIA À PRÁTICA
  • PEGADAS HÁ MUITAS…
  • EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA ADEGA
  • À PROCURA DA EMBALAGEM PERFEITA
  • OS DESAFIOS DA ENOLOGIA

Programa

15 de dezembro - Palacete Silva Monteiro, no Porto

09h30  Acreditação

09h50 Boas-vindas

10h00 Intervenção
G
ESTÃO DA BIODIVERSIDADE E CONSERVAÇÃO DO SOLO
Adaptar práticas reconhecidas de sustentabilidade a uma vinha concreta exige conhecimento e, já se sabe, não há fórmulas iguais para todos os produtores. Adaptar medidas de conservação de solo e promoção da biodiversidade a uma parcela é um exercício de gestão que coloca muitas questões, e opções, na hora de colocar na balança as vantagens e desvantagens.
. Quais as práticas já testadas com sucesso?
. Enrelvamento natural, semeado ou culturas de cobertura?
. Como adaptar ‘a fórmula’ às diferentes castas e tipos de vinha?
. A importância do conhecimento do solo e práticas de mobilização
. Como atrair auxiliares e polinizadores?
. Custos versus benefícios
 Paulo Pereira, consultor em agroecologia, NBI

10h30 Intervenção
ÁGUA: GERIR A ESCASSEZ E O EXCESSO
A gestão de recursos hídricos é um tema fulcral que não passa apenas pela questão do uso mais racional da água e de tecnologias de regadio mais eficientes, mas também na preparação do solo e de sistemas de drenagem em solos mais densos nas regiões com maior pluviosidade.
. Como estimular práticas de eficiência em regiões sem escassez de água?
. Investir em armazenamento de águas pluviais
. Práticas de eficiência na vinha e na adega
. Qual o rácio ideal litro de água/litro de vinho?
. Reciclagem e reutilização de água: como fazer?

11h00 Intervenção
VITICULTURA TECNOLÓGICA
Como está o state of the art na I&D na área vitícola? A pergunta serve de base para revelar sobre os principias avanços tecnológicos na vinha e quais os seus impactos na rentabilidade e sustentabilidade do setor.
. Onde é que a tecnologia pode fazer a diferença? Nas plataformas de apoio à decisão? No desenvolvimento de maquinaria mais sofisticada de trabalho de campo?
. Como está a robótica nesta área?
. Como ter mais conhecimento e reduzir custos desnecessários?

11h50 Mesa-Redonda
MAKERS: DA TEORIA À PRÁTICA
Quem já está em fase avançada na implementação de práticas mais sustentáveis e a tirar partido disso num mercado cada vez mais sensível às questões ambientais? 
Juntamos diferentes produtores, de diferentes regiões para partilharem os seus casos.

13h00 Pausa para almoço

14h30 Intervenção
PEGADAS HÁ MUITAS…
Ciclo de vida, pegada carbónica, pegada ecológica. O que são exatamente estes conceitos e qual a importância de os calcular?
. Como posso ser mais eficiente conhecendo melhor o ciclo de vida do produto?
. Quais as fases de produção com maior peso?
. Da vinha até ao contentor de reciclagem, como promover uma vitivinicultura mais ecológica?
. Como estimular a circularidade?
. A certificação pode ter um papel importante?

Ricardo Teixeira, Instituto Superior Técnico

15h00 Intervenção
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA ADEGA
Reduzir consumos e otimizar energia é o objetivo de quem gere a adega com o intuito de controlar custos e a pegada carbónica.
. Quais as principais estratégias para reduzir consumos energéticos na adega?
. Por onde começar na análise de operações?
. Qual o peso da cadeia de frio, iluminação e isolamento?
.  A energia pode ser um negócio?

15h30 Intervenção
À PROCURA DA EMBALAGEM PERFEITA
Garrafas mais leves parecem ser uma boa parte da solução para retirar peso na pegada carbónica de uma garrafa de vinho. Mas, se tecnicamente a solução parece fazer sentido, existe ainda um mercado que associa garrafas mais pesadas a vinho de qualidade. Será assim?
. Existe a embalagem perfeita?
. O vidro é a única solução?
. Como evoluir para uma embalagem mais ecológica sem perder mercado?

16h00 Mesa-redonda
OS DESAFIOS DA ENOLOGIA
Depois de algumas décadas a apurar uma enologia muito tecnológica, nos últimos anos os vinhos mais ‘naturais’ começaram a conquistar seguidores e alcançar mercado. Mas será apenas uma moda passageira ou é uma tendência que veio para ficar, aliada à sustentabilidade?
. Qual a relação com a viticultura sustentável? É a viticultura que comanda?
. Estes vinhos tiram mais partido das características das castas e dos terroirs?
. É possível fazer vinhos de grande qualidade com técnicas enológicas minimamente intrusivas?
. Continuamos a precisar de madeira para estágio? Ou a garrafa chega?


INSCRIÇÃO PRESENCIAL

INSCRIÇÃO VIRTUAL

VISITE O SITE E CONHEÇA O PROGRAMA

PEPAC nacional peq

 

logotipo akis pequeno

Plataforma
AKIS Portugal

 

Website

Inovação na Agricultura

 

emRede newsletter icon

Newsletters

 

  Plano Nacional da Alimentação Equilibrada e Sustentável

 Projeto 

AproximaR - Produzir
e Consumir Localmente

aproximar site icone

 

 

Bolsa de Iniciativas PRR

Bolsa de Iniciativas PRR

  

Agenda de eventos

 

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
6
7
8
9
10
13
14
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

 

 

Redes Rurais EU   
   
Comissão Europeia

 

 

 
 
Portugal 2020
PDR 2020
Prorural
Proderam2020
Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP)
Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas,I.P - IFAP