pten
  • 13
  • 9
  • 13
  • 5
  • 12
  • 12
  • 7
  • 4
  • 1
  • 14
  • 11
  • 2
  • 8
  • 15
  • 6
  • 14
  • 3
  • 10
  • 11
  • 20

Em Rede  Ligações  Grupos de trabalho     

emRede - folha informativa

Evento final do projeto MODSCAPES

modscapes logoA reunião final do projeto MODSCAPES (Modernist Reinventions of the Rural Landscape), patrocinado pelo Programa Horizonte 2020 da União Europeia, dedicado aos “Usos do Passado” que decorreu de 2016 a 2019, realizou-se em Bruxelas nos dias 28 e 29 de novembro.

O projeto MODSCAPES pretende estudar as novas paisagens rurais produzidas pelo desenvolvimento agrícola e esquemas de colonização de grande escala, implementados no século XX em toda a Europa e para além desta, que foram fundamentais para a construção das nações e produziram Paisagens Rurais Modernistas, entre os quais, Portugal, Espanha, Marrocos, Líbia, Itália, Grécia, Alemanha, Estónia/Letónia, Ucrânia e Israel/Palestina.

O projeto compara exemplos de Paisagens Rurais Modernistas (PRM) para responder a diferentes questões: quais foram os debates e os planos que produziram PRM?; o que foi realizado e o que resta?; quais foram os impactos mais importantes das PRM na sociedade e na cultura?; como é que as PRM são vistas hoje? e o que deve ser feito a este respeito?

O MODSCAPES é um projeto financiado pelo Horizonte 2020 e desenvolvido por cinco equipas baseadas em importantes universidades europeias, como a Université libre de Bruxelles (Bélgica), Politecnico di Milano (Itália), Escola Superior Artística do Porto (Portugal), Technische Universität Berlin (Alemanha) e Estonian University of Life Sciences (Estónia), tendo também como parceiros associados ‘Docomomo International’, ‘Civilscape: we are the landscape people!’ e ‘ECLAS – European Council of Landscape’.

O projeto português “A colonização portuguesa de baldios no tempo de Salazar (1925-1974)” tenta demonstrar o impacto que a ação da Junta de Colonização Interna teve na paisagem, na habitação e na identidade e cultura nacional.

A DGADR acompanhou este projeto de investigação sobre as colónias agrícolas e contou com a presença de uma técnica na reunião final, em Bruxelas.